Projeto “Filosofia é Cultura” celebra obra de C. G. Jung em Brasília

Este slideshow necessita de JavaScript.

Evento que abordou a obra “O Livro Vermelho” de C. G. Jung reuniu mais de 300 pessoas no Teatro Eva Herz, em Brasília.

O “Livro Vermelho” pode ser considerado a obra mais surpreendente do pensador Carl Jung. Ao contrário dos seus escritos estruturados sob uma perspectiva acadêmica, o Livro Vermelho mais se assemelha a um diário de bordo escrito por um corajoso comandante.

Baseando-se na obra e relacionando-a com a Filosofia Prática, o professor Pedro Paiva Barcellos ministrou, nesta última quinta-feira (18), a palestra “C. G. Jung – O Livro Vermelho e a vivência dos símbolos”, em Brasília.

A conferência integrou o ciclo de palestras do projeto “Filosofia é Cultura”, uma parceria da Nova Acrópole e da Livraria Cultura, que aborda mensalmente e às quintas‐feiras, expoentes e marcos da literatura universal no Teatro Eva Herz (Shopping Iguatemi).

Coma  participação de mais de 300 pessoas, o evento contou ainda com a participação especial do músico Bernardo Bittencourt e sorteio de DVD’s de palestras e do documentário “Questão do Coração”, produção que aborda o legado de Jung.

Confira mais informações no facebook da organização em Brasília
/www.facebook.com/NABrasilia ou através do site www.acropole.org.br.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s